18 de out de 2013

chatroulette III

- fala alguma coisa, kênia!
mão sobre o meu joelho enquanto espera.

(déjà vu da existência)

- e as manifestações?...
me passa o beck e ganhei cinco minutos.

2 de set de 2013

chatroulette II

pediu para encontrá-lo na portaria.
tudo bem? err... não quer subir?
trouxe no elevador um vinho
branco e suave. pode ser?
sem rolha, é?... Ok.




26 de ago de 2013

chatroulette I

tinha seu quê de johnny sins
- fora os dentes separados, 
o cordão de surfista 
e o corpo miúdo.

fumando entre as palavras,

explicou a etiqueta dos encontros
e o sistema de turno da loja em que vendia,
convencido de que ambos funcionavam.

(...)


dias depois materializou-se em praça:

chegou-se, banco a banco, no limiar
seguro das pessoas desconhecidas.




20 de fev de 2013

gabriel

quizomba no youtube, enquanto rebola de frente ao espelho.
riu, largo. gaguejou um pouco, mas ainda largo.
tentou me puxar para o movimento: não danço, não danço. só vejo.